PASSEANDO PELO MARAIS !

Como já disse antes o nosso hotel fica no MARAIS que é um bairro super cult, efervescente e reduto gay masculino! Então era super comum cruzar com casais homo caminhando pelas ruas de mãos dadas, sentados num café, de vez em quando rolar um carinho e até um beijo.... tudo muito naturalmente como fazemos nós os casais hetero ! Acho isso super bacana pois sempre pensei nessa estória desses casais não poderem expressar o seu carinho, seus sentimentos pelo companheiro em público, uma tortura, né?
Bom, mas hoje (06/5) passeamos pelas ruas estreitas do Marais, passamos pela Place des Vosges com as suas galerias de arte e até arrisquei uma loteria que estava acumulada...  mas só fiz 2 pontos, rsrs! Aí vão algumas fotos do dia-a-dia parisiense na primavera:

Roteiro:  Começamos pela Catedral de Notre-Dame, atravessamos a Pont St. Louis  (aqui alguns excelentes cafés e o famoso sorvete "Bertillon") para entrar na Rue de St. Louis (no nr. 51 tem uma loja Pylones linda!), pegamos a Rue de Deux Ponts à esquerda em direção à Pont Marie que atravessamos e andamos à margem do Sena até a Pont Louis Philippe, pegamos a rua do mesmo nome até a Rue de Rivoli, onde dobramos a direita até a Place de la Bastille (essa rua é muito movimentada, com vários cafés, lojas, bancos). Na rotatória da Place viramos à esquerda no Blv. Beaumarchais (aqui mais cafés e restaurantes, várias lojas de instrumentos musicais e motos - no nr. 111 dessa rua tem a famosa loja "Merci"), e novamente à esquerda na Rue du Pas de la Mule até chegar à Place des Vosges (no nº 2 tem a casa de Victor Hugo), saímos da Place de Vosges pela Rue Francs Bourgeois, dobramos à direita na Rue Turenne e à esquerda na Rue du Parc Royal, seguimos até a Rue Thorigny nr. 2 onde tem o Museu Picasso. 

Dezenas desses "bateaus" cruzam o Sena levando turistas dia e noite!

 As ruas estreitas do Marais

Cafés nessa cidade é o que não falta, um mais charmoso que o outro e sempre cheios!


Quando o sol aparece eles correm feito lagartixas para se esquentar... rs rs rs

Olha que charme esse restaurante-bateau ancorado no Sena


 Como dizia Hemingway Paris é uma festa: música nos trens e nas estações de metrô, música nas ruas, nas  pontes...

 Fila para o Sorvete Bertillon tido como o melhor sorvete de Paris

 E no caminho encontramos o Cais de Orléans e ficamos emocionados ! rsrsrs
Lindinho!

Mais cafés!

Vamos fazer uma fézinha.... nunca se sabe !

Amei essa pracinha, não é charmosa?


 Nossa... os macarrons !!! Quem resiste?
O verdureiro parisiense !

 Praça da Bastilha.... onde acontece a grande festa nacional em 14 de julho comemorando a queda da bastilha.
Um dos corredores da Place des Vosges com suas galerias de arte!

Share:

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...